O papel do WAF na Gestão de Privacidade

xLabs-blogpost-O-papel-do-WAF-na-gestao-de-privacidade_blog

Desenvolvido para mitigar e combater ameaças de alto nível e que outras ferramentas, até então, não eram capazes, o WAF (Web Application Firewall) tornou- se uma solução fundamental no atual cenário digital e umas das únicas a garantir uma zona de proteção realmente avançada.

Logo, muito mais do que uma ferramenta de segurança cibernética, o WAF é considerado também fator crucial para a implementação de uma gestão de privacidade de dados efetiva para qualquer empresa.

E se você reconhece os riscos e vulnerabilidades do ambiente digital atual e quer entender mais sobre o papel do nosso WAF na prática, fique até o final e confira os diferenciais dessa solução.

Boa leitura!

Afinal, por que o WAF é destaque entre as soluções de proteção de dados?

Quem atua na área de TI, certamente já compreendeu que as ações e ataques cibernéticos estão cada vez mais comuns, e o pior, ainda mais minuciosos e difíceis de se detectar.

Nesse panorama, o que conhecemos como Firewalls já não é mais suficiente para garantir, de fato, uma proteção ampla e avançada das aplicações web, já que tais ferramentas conseguem detectar ameaças em zonas menores e após a conclusão da ação.

No caso do WAF, o grande diferencial se dá no uso de Inteligência Artificial, que atua em uma zona avançada de proteção para aplicações web de todas as complexidades e possibilita mitigar possíveis ações, antes mesmo que elas cheguem ao servidor.

E como o WAF influencia a sua Gestão de Privacidade?

Como bem destacado, é imprescindível que as empresas e profissionais de TI encarem o atual cenário digital como algo extremamente dinâmico e complexo.

Portanto, investir em ferramentas como o WAF não é só uma questão de garantir a segurança das aplicações, mas também uma estratégia essencial e indispensável que visa proteger a privacidade e a proteção de dados pessoais de seus clientes, parceiros, usuários etc.

Vale destacar que, hoje, já temos regulações nacionais, exigências legais e, consequentemente, fiscalizações e penalidades sobre o descumprimento dessas regras.

Logo, o WAF tem um papel essencial na gestão de privacidade de toda empresa, assegurando mais proteção às informações das pessoas e possibilitando que o negócio esteja adequado às exigências impostas pela LGPD, pois o WAF protege contra ataques que visam explorar vulnerabilidades nas aplicações, que se exploradas com sucesso possibilitam o vazamento de dados.

Leia também:
CSO e DPO: quem são esses profissionais de TI?
Guia Definitivo sobre a Privacidade de Dados
Segurança da Informação X Gestão de Privacidade: conheça as diferenças!

Como a XLabs atua dentro deste contexto?

A XLabs é líder em aplicações de segurança na web em toda América Latina e uma das empresas mais influentes nesse quesito no Brasil.

A empresa foi responsável pela detecção e registro de diversas vulnerabilidades no CVE (Common Vulnerabilities and Exposures), um repositório global e de extrema importância para a segurança cibernética no mundo.

Com mais de 10 anos de atuação e muita dedicação, a XLabs desenvolveu o Web Armor Zone, considerado uma das principais referência nacionais em Web Application Firewall (WAF). Hoje mais conhecido simplesmente como WAF XLabs.

Entre os principais diferenciais deste WAF, vale destacar o uso de IA em sua atuação, o que garante uma zona de proteção extremamente avançada e um poder de detecção antes mesmo que as ameaças cheguem aos seus data centers, inclusive de vulnerabilidades ainda não conhecidas em referências mundiais (zero days).

Tudo isso sem afetar o desempenho e performance de suas aplicações! Bem pelo contrário, por contar com uma CDN (content delivery network), própria, sua aplicação ganha performance, não deixando seus usuários estressados aguardando o carregamento da aplicação ou website.

Em resumo, essas são algumas das principais dicas sobre o papel do WAF no atual cenário digital, não apenas como ferramenta de segurança, mas principalmente como fator estratégico para a gestão de privacidade e cumprimento das exigências legais.

Curtiu? Quer saber mais sobre o tema? Então entre em contato com nossos especialistas.



Gostou do artigo? Compartilhe.

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp

Faça parte da nossa lista de emails!