O que é CDN?

What-is-Content-Delivery-Network

Este artigo tem por objetivo explicar uma das evoluções de nossa plataforma, essa evolução está disponível para os clientes desde meados de novembro de 2017, a solução trata-se de uma Content Delivery Network, que além de dar a performance aos usuários de websites dos nossos clientes, acrescenta mais escalabilidade em nossa rede, escalabilidade esta horizontal, algo novo em nossa infraestrutura, desde o princípio, nossa plataforma já contava com uma escalabilidade vertical, onde recursos de hardware e redes são acrescentados conforme os recursos fossem se esgotando, algo que também nosso IA BOT evita que ocorra, pois trata-se de um robô que analisa o tráfego anômalo e impede que estes tráfegos atrapalhem na saúde do servidor/rede, algo a ser abordado em um artigo futuro.

CDN ou Content Delivery Network é uma rede de distribuição de informação que fornece o conteúdo web de forma mais rápida a um grande número de utilizadores, através de múltiplos servidores que direcionam o conteúdo ao utilizador com base na proximidade do servidor.

A missão de uma CDN é praticamente encurtar a distância física entre o cliente e o servidor, melhorando a velocidade de renderização e o desempenho do site, e evitando atrasos ao carregar o conteúdo de uma página Web.

Neste artigo além de apresentar um dos mais novos serviços implementados na infraestrutura de WAF da XLabs Security, também explicamos como uma CDN funciona, e quais seus princípios fundamentais, siga a leitura…

COMO UMA CDN FUNCIONA?

Para minimizar a distância entre os visitantes e o servidor do seu site, a CDN armazena uma versão em cache de seu conteúdo em vários locais geográficos (a.k.a, pontos de presença, ou PoP’s). Cada PoP contém uma série de servidores de cache responsáveis ​​pela entrega de conteúdo aos visitantes dentro de sua proximidade. Em essência, a CDN coloca seu conteúdo em vários lugares ao mesmo tempo, proporcionando uma cobertura superior aos seus usuários.

O QUE SÃO POP’s?

Os POP’s CDN (Points of Presence) são centros de dados estrategicamente localizados responsáveis ​​pela comunicação com os usuários em sua vizinhança geográfica. Sua principal função é reduzir o tempo de ida e volta ao aproximar o conteúdo do visitante do site. Cada POP de CDN normalmente contém inúmeros servidores de cache.

QUEM USA UMA CDN?

Hoje, mais de metade de todo o tráfego mundial já está sendo servido por CDN’s. Esses números estão rapidamente subindo a cada ano que passa. A realidade é que, se alguma parte do seu negócio estiver online, existem poucos motivos para não usar uma CDN.

No entanto, mesmo como um serviço gratuito, as CDN’s não são para todos. Especificamente, se você estiver executando um site estritamente localizado, com a grande maioria de seus usuários localizados na mesma região que sua hospedagem, há pouco benefício em utilizar uma CDN . Nesse cenário, o uso de uma CDN pode realmente piorar o desempenho do seu site, introduzindo outro ponto de conexão não essencial entre o visitante e um servidor já localizado. Ainda assim, a maioria dos sites tende a operar em uma escala maior, tornando o uso de CDN uma escolha popular nos seguintes setores:

  • Propaganda
  • Mídia e entretenimento
  • Jogo online
  • Comércio eletrônico
  • Cuidados de saúde
  • Ensino superior
  • Governo
  • Setores financeiros
  • Setores bélicos

 

Web Application Firewalls

As redes de entrega de conteúdo empregam tecnologias de Web Application Firewalls. Em topologia de redes, isso significa que CDNs são implantadas na frente do(s) servidor(es) de backend. Esta posição, à beira do perímetro de sua rede, oferece várias vantagens importantes além da capacidade inata de uma CDN de acelerar a entrega de conteúdo.

Hoje, a topologia de WAF’s está sendo alavancada por CDN multi-purpose para fornecer os seguintes tipos de soluções.

1 – Segurança aos websites

A cibersegurança trata de gerenciar o acesso externo ao seu perímetro protegido, bloqueando idealmente todas as ameaças antes de serem efetivadamente utilizadas contra os seus alvos.

Implantado na ponta da sua rede, uma CDN está perfeitamente situada para atuar como uma vedação virtual de alta segurança e prevenir ataques em seu site e aplicativo web. A posição de ponta também torna uma CDN ideal para bloquear inundações de DDoS, que precisam ser atenuados fora de sua infraestrutura de rede principal.

2 – Balanceamento de carga

O balanceamento de carga é como ter um “guarda de trânsito” posicionado na frente de seus servidores, alternando o fluxo de pedidos recebidos de forma que os engarrafamentos sejam evitados.

Claramente, a topologia de proxy reverso de uma CDN é ideal para isso, assim como o destinatário padrão de todo o tráfego recebido. Além disso, a topologia de proxy reverso também fornece uma CDN com visibilidade aprimorada no fluxo de tráfego. Isso permite avaliar com precisão a quantidade de solicitações pendentes em cada um dos servidores backend, permitindo assim uma distribuição de carga mais efetiva.

 

A EVOLUÇÃO DAS CDN’s 

Em geral, a evolução da CDN pode ser segmentada em três gerações, cada uma introduzindo novas capacidades, tecnologias e conceitos para sua arquitetura de rede. Trabalhando em paralelo, cada geração viu o preço da tendência dos serviços de CDN, marcando sua transformação em uma tecnologia de mercado de massa.

 



Gostou do artigo? Compartilhe.

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Quer proteger seu website e seus dados na web?
Clique e saiba mais
Economize até 25% em TI
Diminua seus custos com infraestrutura em TI, e garanta buscas de falhas de segurança.
Clique e saiba mais
Antecipe falhas de segurança
Teste seus ativos com uma solução altamente confiável.
Clique e saiba mais
Previous
Next

Pesquisar no Blog

Faça parte da nossa lista de emails